terça-feira, 9 de outubro de 2018

Bolsas para brasileiros


 Governo da Irlanda oferece bolsas para pós-graduação no país

Por Nathalia Bustamante







Sonha em estudar na Irlanda? Estão abertas até o dia 1 de novembro as inscrições para o programa Government of Ireland Postgraduate Scholarship Program. As bolsas do governo da Irlanda são uma iniciativa do ministério de educação do país.

O programa oferece a oportunidade de desenvolver um projeto de pesquisa no país, acompanhado de um supervisor, na área de interesse do selecionado. Candidatos de todas as áreas são elegíveis. As bolsas têm duração de um ou dois anos para mestrado, e três ou quatro anos para doutorado.

O que as bolsas incluem
O valor da bolsa inclui 16 mil euros por ano para manutenção no país e até 6 mil euros para os valores da anuidade do curso. Os selecionados também podem solicitar um valor de até 2 mil e 250 euros para seu projeto de pesquisa.

Para se candidatar, é preciso ter concluído um curso de graduação em qualquer área e demonstrar bom desempenho acadêmico. Os brasileiros devem se candidatar na categoria 2, voltada a estudantes não europeus. Em 2017, foram ofertadas 1179 bolsas.

Como se candidatar para as bolsas do Governo da Irlanda
Os candidatos devem conferir os Termos e Condições antes de iniciar sua candidatura, e enviar uma candidatura online que inclui histórico acadêmico, carta de recomendação e As inscrições são feitas através do site do Conselho de Pesquisa da Irlanda.









quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Nossa pátria, nossa língua


Quer escolher seu destino de intercâmbio, mas não fala idiomas estrangeiros? Veja lista de opções para quem fala apenas português e quer estudar fora.







Para quem busca um curso no exterior, muitas vezes a opção sugerida é o inglês. Entretanto, quem fala apenas português também pode embarcar para um destino fora do Brasil e ter boa vivência acadêmica. Países como Portugal e Moçambique estão na lista de possibilidades, além de Angola e da cidade de Macau.

Entretanto, antes de fazer as malas, é importante entender quais as vantagens obtidas por meio dessa experiência no exterior. Quais são, portanto, os objetivos que o aluno tem em mente ao passar um período longe de casa. A ideia pode ser, por exemplo, ter contato com universidades tradicionais portuguesas, que existem há séculos. Ou mesmo recorrer a uma localidade na África, em que se gaste menos durante a estadia.
Alinhar tais expectativas ajuda a ter bons resultados com o intercâmbio. Para saber melhor como escolher o destino, conheça informações sobre os países e universidades presentes.

Onde estudar falando apenas português
#1 Portugal
Queridinho dos brasileiros, Portugal não poderia deixar de encabeçar a lista. Afinal, aí está a origem do idioma e, também, um país recheado de boas universidades. São nomes tradicionais como a Universidade de Coimbra, fundada em 1290, e a Universidade do Porto, de 1911.

Para além das instituições de ensino conhecida, estão fatores atrativos para estudantes. Entre eles, o custo de vida mais acessível, em comparação a outros países europeus, e o clima ameno. Para quem vem do Brasil, é uma facilidade a mais na hora da adaptação.

Outra vantagem das universidades portuguesas vem das possibilidades de apoio financeiro para o intercâmbio. Todos os anos, por exemplo, o Banco Santander lança editais que contemplam as instituições do país e levam alunos brasileiros para lá. Algumas escolas oferecem bolsas para cursos específicos, como o Lisbon MBA e formações na Universidade do Minho e no Algarve. Há, ainda, a possibilidade de ingressar na graduação com a nota do Enem.

Entretanto, cabe uma ressalva ao dizer que se fala apenas português em escolas do país. Em cursos mais internacionalizados, como os de MBA, os professores ensinam muitas matérias em inglês. É uma forma de atrair alunos de uma gama maior de localidades, ao ministrar conteúdos em língua inglesa. Para se certificar sobre o idioma em que são dadas aulas, basta contactar a instituição de ensino diretamente.

As melhores universidades de Portugal
1) Universidade do Porto
2) Universidade de Lisboa
3) Universidade Nova de Lisboa

#2 Moçambique
Quem busca um destino com paisagens impressionantes e custo de vida baixo pode optar por Moçambique. País de nascença de nomes conhecidos como Mia Couto, o país permite que alunos estudem falando apenas português. Afinal, esse é o idioma predominante e oficial, apesar de haver dezenas de línguas bantu também comuns ao país.

Maputo, a capital do país, costuma ser o destino mais recorrente. Isso porque, por lá, já há serviços mais consolidados de transporte e instituições de ensino mais reconhecidas. Vale lembrar, entretanto, que as escolas de Moçambique não figuram nos principais rankings universitários, como Times Higher Education e QS Ranking.

Conheça as três principais universidades de Moçambique
1) Universidade Católica de Moçambique
2) Universidade Eduardo Mondlane
3) Universidade Pedagógica

#3 Angola
Se a ideia é falar apenas português, Angola serve como opção de destino. Assim como no caso de Moçambique, as universidades concentram-se na capital do país. Em Luanda, conhecida como “Paris africana”, é possível encontrar instituições mais consolidadas e que tenham, também, vínculo com escolas portuguesas.

Além dos estudos, também há opções de turismo abundantes, em especial relacionadas à ecologia. Parques de conservação, por exemplo, são abundantes tanto em Luanda quanto em outras regiões do país.

Conheça as principais universidades de Angola
1) Universidade Católica de Angola
2) Universidade Agostinho Neto
3) Universidade Metodista de Angola

#4 Macau
A cidade chinesa é um ponto fora da curva. Afinal, por lá se fala português, idioma tão distante do cantonês local, devido a quase quinhentos anos de colonização. Apesar de as instituições de ensino terem cursos em língua portuguesa (e departamentos para pesquisar sobre o idioma), vale lembrar que muitas disciplinas são ministradas em inglês.

Outro ponto importante diz respeito ao que se fala nas ruas de Macau, já que por lá predomina o cantonês. Entretanto, quem se expressa em inglês ou mandarim consegue manter a comunicação em dia. Em outras palavras, Macau serve como boa pedida para quem deseja estudar fora falando apenas português, mas cogita praticar outros idiomas também.

Conheça as principais universidades de Macau
1) Universidade de Macau
2) Instituto Politécnico de Macau
3) Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau




Dica do Estudar Fora:
Autoliderança é uma competência fundamental para você guiar a sua carreira. É por meio dela que você vai construir um direcionamento que faça sentido para você e desenvolver meios para superar os obstáculos. E para dar a importância que esse termo merece, a Fundação Estudar criou o Liderança Na Prática, um curso de quatro dias que vai te ajudar a descobrir e colocar em prática o seu sonho grande. Inscreva-se agora com 10% de desconto usando o cupom ESTUDARFORA. É só clicar aqui!